terça-feira, 27 de maio de 2008

SAUDADE E SOLIDÃO

Saudades
Saudades sinto do teu perfume
E dos teus beijos
Que queimavam meus lábios
Como lume

Onde estas tu agora meu amor
Que me deixas-te á mercê da solidão
Provocas-te tristeza e dor
Chora lágrimas frias o meu coração

Qual será agora o meu caminho
Curto ou longo tanto faz
Onde estão os afagos e carinhos
Que deixavam meu peito em paz

Resta-me assim passar os dias
Seja de que jeito for
Recordando como tu sorrias
E na solidão esperar o teu amor

7 comentários:

Paula Raposo disse...

Sê bem reaparecido!! Beijos.

leonor costa disse...

Muito bonito.A saudade, a solidão e as lágrimas geram a tristeza que se alberga no nosso coração.

HOJE E AMANHÃ

azul disse...

"Qual será agora o meu caminho
Curto ou longo tanto faz
Onde estão os afagos e carinhos
Que deixavam meu peito em paz"

parabéns pelo blog.
voltarei.

LuzdeLua disse...

Resta-me assim passar os dias
Seja de que jeito for
Recordando como tu sorrias
E na solidão esperar o teu amor

Que poesia linda. Mas, porque parastes de postar?
Passando, deixo-te um abraço amigo

Poemas e Cotidiano disse...

Que pureza essa poesia.
Muito linda, reflete um sentimento muito intenso e verdadeiro.
Beijos
MARY

Freyja disse...

querido Paulo
hermoso como siempre tu poema
eres un gran poeta
te he extrañado muchp y solo deseo que estes muy bien
un abrazo muy grande para ti y la familia
cuidate amigo
mil besitos


besos y sueños

Anónimo disse...

São sempre belas as noites em que a nossa poesia bate na porta da nossa alma...hoje bateu demais a saudade e vim ler-te amigo...deixo aqui minha passagem mais uma vez...sim,pois é sempre admirável poder ler-te...passa por lá no meu cantinho ou deixando umas palavras amigas ou um olá por telele...beijinhos de luz em seu coração
Luisa Zacarias